Newsletter Editora RH
Subscrever
Brevemente

Regulação, Ética e Governance: O Mercado da Informação Financeira
Jorge Rodrigues



Manual de Gestão e Avaliação de Desempenho (2.ª edição)
Pedro B. da Camara
10% 14.85€ 16.5€

pp. 140, 2.ª edição, 2015, formato: 17 x 24 cm/ ISBN: 978-972-8871-56-7

  • SINOPSE
  • SOBRE O AUTOR
  • índice
A gestão de desempenho é um sistema-chave na gestão integrada de recursos humanos.
É através dela que se consegue um eficaz alinhamento dos colaboradores com os objetivos organizacionais, bem como a mobilização dos mesmos na prossecução desses objetivos.
Na atual conjuntura de negócios, dispor de uma força de trabalho alinhada, motivada e produtiva é um fator crítico de sucesso empresarial.
O presente manual, contextualizando a gestão de desempenho no âmbito de um modelo de gestão estratégica de pessoas e analisando o seu impacto nos sistemas que se situam a montante e a jusante, pretende dar um contributo prático de como construir um sistema desta natureza, como o implementar e como medir o seu contributo para os resultados de negócio.
É uma obra baseada na realidade portuguesa e dirigida a académicos, gestores e estudiosos desta área de conhecimento.
 

Pedro Bettencourt da Camara é licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, pós-graduado em Gestão em Portugal (UNL) e no estrangeiro (INSEAD e Templeton College, Oxford) e doutorado em Ciências do Trabalho, pela Universidade de Cádis. Desenvolveu a sua carreira como gestor de recursos humanos em empresas multinacionais (Shell, Digital e PepsiCo) e é, atualmente, consultor em gestão estratégica de recursos humanos e professor.

CAPÍTULO I – PRINCÍPIOS GERAIS
1. Introdução
2. Uma questão terminológica
3. A gestão de desempenho no contexto de um Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos
4. A cultura de desempenho como pressuposto de um sistema de gestão de desempenho eficaz
5. Modernas tendências de gestão e avaliação de desempenho
5.1 A gestão por objetivos
5.2 O balanced scorecard
5.3 As formas multilaterais de avaliação de desempenho
 
CAPÍTULO II – A GESTÃO POR OBJETIVOS
1. O conceito de desempenho
2. O ciclo de desempenho
2.1. Ligação dos objetivos individuais à estratégia da empresa
3. A fixação de objetivos
4. Tipos de objetivos
4.1 Identificação de KPI (key performance indicators)
5. Construção do Plano de Ação Anual
 
CAPÍTULO III – O ACOMPANHAMENTO DO COLABORADOR AO LONGO DO ANO
1. O acompanhamento informal (coaching)
2. As avaliações intercalares de desempenho
3. Reajustamento dos objetivos
4. Os meios de apoio
 
CAPÍTULO IV – A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO
1. A natureza da avaliação
2. Quem deve avaliar o desempenho
3. Quem deve ser avaliado
3.1 Quando deve ser avaliado
4. A responsabilidade essencial do avaliador – destrinçar os bons dos maus desempenhos
5. A calibragem das avaliações dentro da área funcional ou interdepartamental
6. As escalas de classificação global de desempenho
7. Os erros de avaliação
 
CAPÍTULO V – A ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO
1. A preparação da entrevista
1.1 A autoavaliação
2. Estrutura da entrevista de avaliação
3. Mecanismos de recurso ao dispor do avaliado
4. Preenchimento do relatório de avaliação
 
CAPÍTULO VI – OS SISTEMAS DE NOTAÇÃO
 
CAPÍTULO VII – PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DE DESEMPENHO
1. Processo de comunicação do sistema de gestão de desempenho (SGD)
2. Formação dos avaliadores e sensibilização dos avaliados
3. Existência de descritivos funcionais atualizados
4. Disponibilização de informação para gestão que possibilite a automonitorização do desempenho
5. Ritmo de implementação do SGD e curva de aprendizagem
 
CAPÍTULO VIII – ESPECIFICIDADES DA GESTÃO DO DESEMPENHO DE COLABORADORES EXPATRIADOS
1. A fixação de objetivos ao expatriado
2. O acompanhamento do expatriado ao longo do ano
3. A avaliação final de desempenho do expatriado
 
CAPÍTULO IX – IMPACTO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DESEMPENHO NOUTROS SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
 
BIBLIOGRAFIA